24 outubro 2008

Azores 2008 - 11_4

O dia aproximava-se do fim, mas muito havia ainda por registar.

Depois de termos sido obrigados a passar algum tempo no hotel, devido ao episódio da quebra do carro alugado, resolvemos aproveitar o final da tarde com uma visita à fortaleza de São João Baptista, localizada no Monte Brasil, bem em frente à cosmopolita cidade de Angra do Heroísmo.
O problema foi, no entanto, que esta estava fechada. As horas das visitas tinham terminado...
O que fazer? Ficar mesmo por ali!
Encostado à muralha existe um jardim/parque infantil como nunca tinha visto antes.
Enorme! :-O se se considerar que é um parque infantil.
O número de "brinquedos" para os mais novos deve dar para fazer a alegria da criançada de toda da ilha!... e arredores ;-)
Das minhas fez!


Mas claro que aqui o "indivíduo" estava mais preocupado, como sempre, com a recolha de imagens.
E que bom sítio, e altura, que este foi!
É que se de início a luz, não sendo má, não era a melhor...


...passou para uma bastante mais inspirada luz de fim-de-tarde.
O sol começou a penetrar por baixo das nuvens, deixando a paisagem ainda mais interessante do que já é por natureza.


Da mesma forma, o Ilhéu das Cabras ganhou outras tonalidades, revelando-se na paisagem!


Já depois de escurecer (e como de costume, bem tarde!...) fomos jantar.
Desta vez a opção foi o restaurante Beira-Mar, e a sua esplanada bem em frente ao mar e à praia.
A fotografia não é de eleição, tirada do parapeito da esplanada, mas o ambiente estava muito bom, da mesma forma que a refeição que, para não variar, foi peixe, ou iguaria do mar.


Antes de "recolher aos aposentos" demos um curto passeio by foot.
A marina, cheia de "barquinhos a nanar" (de onde será que aparecem tantos barcos??...) e a igreja "de Pisa "(estas perspectivas propositadamente arquitectónicas... ;-)

2 comentários:

C*MoraiS disse...

Adoro a última, parece que há um desequilíbrio envolvente dos edifícios,

James_Bond disse...

é uma cidade património mundial
e além disso foi reconstruido devido ao sismo de 1980