10 novembro 2008

Azores 2008 - 13 e última

E aí estava ele, the last day.
O dia seguinte iria já ser de "arranque" logo pela manhã, assim, este era o dia para estourar os últimos cartuchos.
E o início deste último dia foi muito semelhante ao primeiro, aqui no Caracol: de aproveitamento das suas mordomias.
No entanto, ao contrário do tempo que se tinha feito sentir no dia anterior, este acordou cinzento.
Nada que incomode a quem está de férias ;-)


No ginásio, dei com esta mensagem, afixada a uma parede:
"Os que não encontram tempo para o exercício terão de encontrar tempo para as doenças."
Pareceu-me tão verdade!...


Mas o grande objectivo do dia era fazer uma coisa que deixámos propositadamente para o último dia: calcorrear a pé, o mais possível, Angra do Heroísmo.
E lá fomos nós, em direcção à cidade património mundial, atentos ao colorido e trabalhados do seu casario.


A Sé Catedral de Angra, visitada por João Paulo II em 1991.


Pormenor curioso este ;-)


A pequena praia, de bandeira azul, como não podia deixar de ser.


E novamente a igreja e a marina, já fotografos anteriormente, mas agora à luz, difusa, do dia.


A Praça Velha, a baixa da cidade, onde fica localizado os Paços do Concelho.


O Palácio dos Capitães Generais.
Há um pormenor que não consigo deixar passar. Enquanto por lá andava reparei, e agora, enquanto seleccionava as fotos, voltei a lembrar-me. A quantidade de carros estacionados mesmo em cima dos monumentos/palácios/edifícios de interesse.
Acho que nunca tinha notado, como aqui, de uma forma tão evidente, como deixam estacionar mesmo "à portinha".


A costa, mesmo a poente do omnipresente Monte Brasil.


Mais uma versão diurna de uma fotografia anterior.
Esta está completamente diferente e corresponde à última do post anterior, em que se vê ao longe o cone vulcânico da ilha do Pico.
O foco está agora bem mais ao pés ;-)


Eu já devia adivinhar, mas não deixa de ser curioso, o facto de estar a terminar esta crónica e estar a sentir alguma nostalgia. Mais do que quando acabou mesmo a viagem.
Acho que já estou a precisar de uma nova...


Sem grandes comentários finais, até porque não acrescentariam nada a esta descrição efectuada ao longo de mais de 2 meses, termino esta "Aventura Blogal" de viagem.
Um obrigado às gentes açoreanas pela sua simpatia e por saberem manter o "seu cantinho" arrumado.

E que os milhafres continuem a voar nos céus dos Açores. ;-)

2 comentários:

James_Bond disse...

JF Alves só visitaste 20% das ilhas , ao lado de São Miguel tens Santa Maria que tem praia branca como o Algarve. O Pico é maravilhoso embora não tenha ido á montanha , tem Angelica , e uma terra de bom vinhos como o Terras de Lava , o Frei Gigante ou o Currais Antlantico, O São Jorge tem o queijo , a Graciosa as queijadas , cada ilha é um paraiso, espero um dia que voltes cá

JFAlves disse...

Caro james_bond,
Depois de ter visitado estas duas ilhas fiquei realmente com muita vontade de conhecer as restantes.
Já tinha essa informação de que cada ilha é especial à sua maneira, e que vale a pena as conhecer.
Mas uma das coisas que não deixei de provar foram os vinhos (os 3 referidos, como cheguei a fazer referência nos relatos) e os queijos (aqui há mais variedade).
Se surgir a oportunidade, garantidamente que volto!