05 janeiro 2009

Biba o Nuorte, carago!

É, o título é sugestivo, mas talvez a sugestão produzida não seja a mais correcta.
;-)

No passado dia 2 de Novembro (há mais de dois meses, portanto) fiz o último passeio da época, com as big trail.
Algures no norte de Portugal, bem lá no norte, já perto da fronteira com Espanha, ou mais precisamente do rio Minho.
Na serra D'Arga.

Desta vez, e para variar, fui ter ao ponto de encontro 1, em frente à sede do MCP onde, além do organizador-mor, o Sauros, me encontrei com outros três traileiros.
Só faltavam ser três tristes traileiros :-), mas não!
Além de um pouco frios exteriormente, dada a temperatura ambiente daquela manhã, já se fazia sentir o calor interno em cada um, promovido pela proximidade de mais um grande acontecimento, que iria ser este belo passeio.
Ou será que não passaria do calor produzido pelo motor das motos?...
(isto hoje está mal! :-D )



Depois de uma pequena espera, para lá da hora, por possíveis retardatários, lá partimos do Porto, pela A28, em direcção à bela Praia de Moledo, Caminha.
(lembram-se dos outdoors da Super Bock deste verão, onde aparecia uma garrafa de cachecol enrolado ao pescoço, na Praia de Moledo?... :-)
A temperatura mantinha-se baixa mas o sol estava muito agradável.


O briefing da praxe antes do início dos trilhos.


Enquanto esperávamos por alguém que tinha ficado para trás logo no início, com um pequeno problema, deu tempo para umas panorâmicas sobre Vila Praia de Âncora.


Aliás, panorâmicas foi coisa que não faltou neste passeio.
Aqui, sobre a foz do Minho, com o monte de Santa Tecla em fundo, e enquanto se preparava o pessoal para a primeira foto em grupo.


Os primeiros trilhos foram realmente muito interessantes.
A zona apresenta uma paisagem incrível, especialmente com um dia quase limpo, de sol, como esteve durante este domingo. Ao contrário do que se tinha passado na última vez que por aqui andei...

As dificuldades também estiveram presentes, principalmente numas descidas de forte pendente, de uns corta-fogo.


Mas a grande "inovação" deste passeio foi mesmo o lanche oferecido a meio da manhã.
Em mais um local de boas panorâmicas, e o único problema era mesmo o vento que se fazia sentir na altura. Mas como não era para nos estendermos ao sol, mas antes para comer, estávamos bem.
Que bem que soube!


Na continuação, em mais uma subida com alguma dificuldade.


E em mais uma paragem para apreciar as vistas e tirar nova fotografia do grupo traileiro.


Mas o que estava mesmo a dar eram as descidas de corta-fogos.
Em mais um, o de maior extensão do dia, embora dividido em várias etapas...
As paisagens, essas, eram grandiosas!
(embora um pouco secas...)



A continuar, em futuro... mais ou menos incerto ;-)